Terça-Feira, 28 de Fevereiro de 2012, 11h:04

Tamanho do texto A - A+

''Rosca'' tem só 21 anos, mas já matou duas pessoas para roubar. Ele foi preso pela Polícia Civil em Rondonópolis

O autor de dois latrocínios (roubo seguido de morte) ocorridos em 2011 foi preso, na segunda-feira (27.02), em Rondonópolis (212 km ao Sul). Ação conjunta dos investigadores do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) e da Delegacia da Polícia Civil de Pedra Preta (238 km ao Sul), levou a prisão de Marcos João da Silva, 21, conhecido por “Rosca”, em cumprimento de mandado de prisão preventiva, expedido pela 2ª Vara Criminal de Rondonópolis. 
 
O primeiro crime aconteceu no dia 22 de agosto de 2011 quando o vigia Salvador Alves da Silva, 72, foi morto em uma panificadora, no Jardim Santa Cruz, em Rondonópolis. O segundo ocorreu em 4 de novembro de 2011, no centro da cidade de Pedra Preta. O comerciante Milton César da Silva foi morto a tiros.
 
O preso Marcos, confessou com riqueza de detalhes toda sua participação no crime da Pedra Preta e foi encaminhado diretamente ao Plantão do Cisc de Rondonóplis. "Ele forneceu importantes detalhes sobre o crime ocorrido em Pedra Preta, que o inquérito está sob o comando do delegado Sebastião Lopes”, disse o delegado Henrique Meneguelo, coordenador do Cisc de Rondonópolis.
 
Nesta terça-feira (28.02), o preso será interrogado pela Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DERF), de Rondonópolis, referente ao latrocínio ocorrido na padaria no final do ano passado.
 
"Com certeza teremos vários crimes elucidados com sua prisão, pois ele poderá ser reconhecido em outros crimes ocorridos em Rondonópolis”, complementou o delegado.

 Assessoria/PJC-MT