Sábado, 30 de Setembro de 2017, 22h:46

Tamanho do texto A - A+

Ataques aéreos em áreas controladas pelo Estado Islâmico matam dezenas na Síria

Redação

Ataques aéreos contra vilarejos e cidades controladas pelo Estado Islâmico mataram e feriram dezenas de pessoas no leste da Síria, um dia após uma ofensiva dos extremistas ter matado mais de 120 lutadores pró-governo e bloqueado brevemente a estrada que liga Damasco com o leste da Síria, disseram ativistas opositores, neste sábado.

 

Não ficou claro se os ataques em áreas como Mayadin, Abu Camal, Bouleil, Bouomar e Mushassan foram conduzidos por russos ou pela coalizão liderada pelos Estados Unidos.

 

Tropas sírias têm avançado na província de Deir el-Zour conta o Estado Islâmico sob cobertura de caças russos, enquanto as forças curdas estão marchando contra os extremistas sob cobertura da coalizão liderada pelos americanos.

 

Os ataques aéreos vêm na esteira de dois dias de confrontos entre as forças do governo sírio e seus aliados contra os extremistas do Estado Islâmico nas regiões central e leste da Síria, que deixaram cerca de 200 mortos em ambos os lados.

 

As tropas sírias e seus aliados retomaram a maior parte dos territórios que haviam perdido. O Observatório Sírio para Direitos Humanos, com sede no Reino Unido, diss que os ataques deste sábado e da noite anterior deixaram 18 mortos, incluindo duas crianças e cinco mulheres.