Segunda-Feira, 10 de Julho de 2017, 22h:19

Tamanho do texto A - A+

Bovespa fecha em alta e dólar cai nesta segunda-feira

Redação

 

O principal índice da bolsa paulista fechou em alta nesta segunda-feira (10), após sucessivas quedas. Apesar da alta, os investidores mantém a cautela diante das turbulências políticas, de olho no andamento das reformas no Congresso.

 

O Ibovespa terminou o pregão com alta de 1,13%, a 63.025 pontos.

 

O mercado monitora os impactos da crise no andamento das reformas. A expectativa, agora, segue pela votação da reforma trabalhista pelo plenário do Senado, prevista para terça-feira (11).

 

Às 11h02, o índice tinha alta de 0,66%, a 62.731 pontos. Durante a manhã, as ações da Vale e Petrobras operavam em queda, enquanto os papeis dos principais bancos, Itaú e Bradesco, valorizavam.

 

Às 10h07, o Ibovespa tinha alta de 0,26%, a 62.481 pontos. 

 

O dólar, por sua vez, fechou em queda ante ao real nesta segunda-feira (10), sem tirar o foco do cenário político e no andamento das reformas no Congresso.

 

A moeda norte-americana fechou com alta de 0,60%, a R$ 3,2595.

 

Às 11h03, o dólar recuava 0,52%, a R$ 3,2633 na venda.

 

Às 14h12, a moeda tinha queda de 0,54%, a R$ 3,2627. 

 

O foco da sessão foi na leitura do parecer do relator na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara (CCJ), Sergio Zveiter (PMDB-RJ), sobre a denúncia contra o presidente Michel Temer.

 

Outra influência tem a ver com a queda das expectativas para IPCA e PIB, que adicionam viés de baixa aos juros. A inflação e economia mais fracas são relevantes na política monetária do BC. Novas quedas nessas taxas indicam espaço para o BC cortar mais a Selic.

 

O BC anunciou para esta sessão o início da rolagem do vencimento de agosto de swap cambial tradicional -- equivalente à venda futura de dólares. Neste primeiro leilão, vendeu a oferta integral de até 8,3 mil contratos, rolando US$ 415 milhões do total de US$ 6,181 bilhões.