Quarta-Feira, 12 de Julho de 2017, 07h:53

Tamanho do texto A - A+

Bovespa fecha em alta e dólar cai nesta terça-feira

Redação
 

O principal índice da Bovespa fechou em alta nesta terça-feira (11), pressionado pelo bom desempenho dos preços das commodities, enquanto o mercado aguardava a votação da reforma trabalhista no plenário do Senado.

O Ibovespa avançou 1,28%, aos 63.838 pontos.

Às 11h01, o Ibovespa tinha leve alta de 0,02%, a 63.040 pontos. Na véspera, a Bovespa fechou em alta, em movimento de ajuste após sucessivas quedas. O Ibovespa terminou o pregão a 63.025 pontos, alta de 1,13%.

Às 13h39, o Ibovespa subia 1,09%, a 63.711 pontos.

Às 16h55, o índice tinha alta de 1,25%, a 63.815 pontos.

A ação preferencial da Petrobras avançou 2,92% e a ordinária, 2,91%, acompanhando o movimento dos preços do petróleo no mercado internacional.

A Vale subiu 1,41% na ação preferencial e 1,11% na ordinária. A CSN avançou 6,46%, no melhor desempenho do Ibovespa. e a Usiminas ganhou 1,63%.

A ação preferencial do Bradesco teve alta de 1,74% e a Itaú Unibanco valorizou-se em 1,51%. Banco do Brasil avançou 4,2% e Santander teve alta de 2,07%.

Na ponta negativa, Eletrobras caiu 3,48% nas ações ordinárias e 2,37% nas preferenciais.

O dólar fechou em queda ante ao real nesta terça-feira (9), com os investidores apostando que a reforma trabalhista será aprovada pelo Senado.

A moeda norte-americana terminou com queda de 0,19%, a R$ 3,2532 na venda.

Às 11h03, a moeda norte-americana recuava 0,05%, vendida a R$ 3,2533.

Às 13h40, o dólar recuava 0,17%, a R$ 3,2495.

Às 16h58, a moeda teve queda de 0,07%, a R$ 3,2526.

No mercado externo, o dólar subia ante uma cesta de moedas e também divisas de países emergentes, como o peso mexicano, influenciado pelas crescentes expectativas de que importantes economias adotarão políticas monetárias mais restritivas.