Quarta-Feira, 04 de Abril de 2018, 03h:42

Tamanho do texto A - A+

“FERRO” NO CONSUMIDOR: A partir de domingo (8), conta de luz dos mato-grossenses sobe 13,17%. E para os cuiabanos, um "presentaço" de grego no aniversário da Capital



Da Reportagem

A conta de luz vai ficar mais cara para os mato-grossenses. O reajuste da energia elétrica será de 13,17% e foi aprovado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

O aumento passa a vigorar a partir deste domingo (8), data do aniversário de Cuiabá. Já para os cuiabanos, em função da coincidência da "facada" com o natalício da Capital, trata-se de um "presentaço" pra grego nenhum dizer o contrário!

O aumento da tarifa se deve à quarta revisão tarifária da empresa Energisa Mato Grosso, que é realizada de cinco em cinco anos. De acordo com o informe da Aneel, as indústrias do Estado terão um aumento na tarifa de 5,94%.

A revisão tarifária periódica reposiciona os valores cobrados dos consumidores após analisar custos e investimentos para a prestação dos serviços de distribuição de energia elétrica.

Audiências públicas foram realizadas nos primeiros meses do ano em Cuiabá. Nelas, foram discutidos os fatores que influenciam o aumento de energia.

A Energisa disse que, entre eles, estão a compra da energia dos distribuidores, as perdas associadas dentro da própria concessionária e os investimentos realizados pela empresa.

A Energisa atende mais de 1,3 milhão de unidades consumidoras em 141 municípios de Mato Grosso.

O reajuste não exclui o aumento que ocorre em razão das bandeiras vermelha e amarela. Ou seja, em períodos de bandeira vermelha, o consumidor também sofrerá com mais aumentos.