Sexta-Feira, 14 de Julho de 2017, 13h:05

Tamanho do texto A - A+

Venda de Douglas para o Manchester City rende R$ 44,6 milhões ao Vasco

Negociação do jogador é a maior do clube cruzmaltino, superando a de astros como Diego Souza ePhilippe Coutinho

Reddação

A inesperada venda do volante Douglas, após a tsunami que assolou o Vasco devido à baderna de torcedores ao fim do clássico diante do Flamengo, é a maior negociação da história do clube. Apesar de a diretoria não confirmar a transferência da jovem promessa para o Manchester City, da Inglaterra, os valores giram em torno de 12 milhões de euros — o equivalente a R$ 44,6 milhões.

Para se ter ideia, o meia-atacante Diego Souza, até então a maior negociação na Colina, deixou o clube por R$ 14 milhões a menos. Já o badalado meia Philippe Coutinho, do inglês Liverpool, custou à Inter de Milão R$ 14,8 milhões — muito menos que a metade de Douglas — quando deixou São Januário.

Curiosamente, Douglas poderá seguir a trilha de Philippe Coutinho. Deverá ser emprestado ao Girona, que vai disputar pela primeira vez em 87 anos de história a elite do Campeonato Espanhol. Nos bastidores, especula-se que o clube será adquirido em breve pelos ingleses.

JOGO NO ENGENHÃO

O jogo contra o Santos, domingo, às 16h, será no Engenhão, com portões fechados. A diretoria de Competições da CBF alterou o local atendendo a decisão do STJD, que interditou São Januário. Hoje, o clube será julgado por distúrbios no jogo contra o Corinthians. Na segunda-feira, o tribunal se pronuncia sobre os tumultos no clássico diante do Flamengo.