Segunda-Feira, 17 de Julho de 2017, 06h:13

Tamanho do texto A - A+

Países árabes pedem que FIFA transfira Copa do Mundo de 2022 do Qatar

Redação

Seis países árabes enviaram para a Federação Internacional de Futebol (FIFA) uma carta solicitando a transferência da Copa do Mundo de 2022 do Qatar.

Arábia Saudita, Iêmen, Mauritânia, Emirados Árabes Unidos, Bahrein e Egito foram os países que pediram a transferência da competição. A principal razão para o pedido de transferência foi o "risco para a segurança dos participantes e espectadores no país, que é uma base do terrorismo".

No início de julho, a Arábia Saudita, o Bahrein, o Egito e os Emirados Árabes Unidos romperam as relações diplomáticas com o Qatar, acusando o país de financiar o terrorismo. Mais tarde, os países árabes apresentaram um ultimato a Doha, exigindo o cumprimento de 13 demandas, incluindo a redução das relações diplomáticas com o Irã, o fechamento de uma base militar turca no país e o encerramento da emissora Al-Jazeera. Mais do que isso, o Qatar deve deixar de apoiar os terroristas.

O Qatar negou todas as acusações dos países vizinhos e declarou que a lista de demandas é irrealista e prejudica a sua soberania.