Domingo, 22 de Outubro de 2017, 08h:08

Tamanho do texto A - A+

MT E MS: Acordo entre Pedro Taques e Reinaldo Azambuja para ações conjuntas no Pantanal é validado por Michel Temer

Redação

O acordo denominado "Tratado Cayman" firmado entre Mato Grosso do Sul e Mato Grosso foi validado neste sábado (21) pelo presidente Michel Temer (PMDB). O ato ocorreu na cidade de Miranda, distante 203 quilômetros de Campo Grande.

O tratado previa que os dois governos criem grupos de trabalho para discutir ações integradas para preservação do bioma, promovendo assim o desenvolvimento econômico e social da região.

Durante a cerimônia em Mato Grosso do Sul, Temer também assinou decretos ligados ao meio ambiente, entre eles, um que prevê converter multas que estejam em esfera administrativa em ações para preservação ambiental.

Para isso, a União vai oferecer desconto de até 60% nas multas. A expectativa de arrecadação é de R$ 4,6 bilhões.

Em seu discurso, o presidente saiu fora da questão meramente ambienal e aproveitou o ensejo para falar de melhorias de seu governo na área da economia.

De acordo com ele, em 16 meses, seu governo fez "muito mais do que foi feito, em 12, 13, 14 anos".

O peemedebista citou como exemplo a valorização das ações da Petrobras e o crescimento do índice Bovespa e mencionou aumento do número de empregos com carteira assinada.