Sexta, 20 de julho de 1-13, 00h35
CAMPEONATO BRASILEIRO
Flamengo volta a jogar mal, é dominado e acaba derrotado pelo Palmeiras


Redação

 

Neste domingo, o Flamengo deu continuidade a sua campanha irregular no Brasileiro. Contra o Palmeiras, em São Paulo, o Rubro-negro foi dominado e acabou sendo derrotado por 2 a 0. Os cariocas permanecem no G-7, mas continuam pressionados.

 

Os dois gols do Palmeiras aconteceram na primeira etapa. Com uma atuação muito confusa do sistema defensivo, Deyverson se aproveitou duas vezes e marcou na vitória dos paulistas.

 

Na próxima rodada, o Flamengo vai até o Couto Pereira enfrentar o Coritiba. A partida acontece na quinta-feira. Já o Palmeiras recebe o Sport no mesmo dia.

 

O JOGO

 

Valentim surpreendeu na escalação e colocou Felipe Melo, que não era titular desde o dia 26 de julho, quando a equipe foi eliminada na Copa do Brasil. Coincidência, ou não, a torcida havia pedido a entrada do volante ao time após a derrota para o Corinthians. Nos muros do Allianz, picharam: "Felipe Mello + 10".

 

A verdade é que, seja lá qual for o motivo de sua entrada, o volante teve boa atuação. Ao seu estilo de dividir forte, conseguiu ajudar a evitar boa parte das investidas flamenguistas Com a bola no pé, os palmeirenses mostravam uma organização e tranquilidade que chegava até a surpreender, tendo em vista a pressão que sofreram horas antes do jogo.

 

Dudu, Moisés e Tchê Tchê souberam aproveitar os espaços deixados pela defesa flamenguista e criaram boas chances de gol. Lá na frente, o criticado Deyverson estava em um dia inspirado. O caminho da vitória foi aberto aos 13 minutos do primeiro tempo, quando Moisés acertou belo passe para o atacante dominar e bater na saída de Diego Alves.

 

Aos 35, novamente o atacante mostrou sua estrela e que não se abalou por estar na lista de dispensa da Mancha. Keno abriu pela esquerda, chutou cheio de curva, a bola bateu na trave e voltou livre para Deyverson mandar de cabeça para as redes e ampliar a vantagem. Com os dois gols marcados, o atacante chega a marca de 17 partidas e cinco gols marcados.

 

No segundo tempo, o jogo caiu um pouco de ritmo, mas o Palmeiras manteve o domínio e teve uma grande oportunidade de ampliar o marcador com Thiago Santos, que tentou de cabeça e Diego Alves fez grande defesa. No começo da segunda etapa, Felipe Melo deixou o gramado, cansado, e o time alviverde diminuiu o poder de marcação.

 

Rueda colocou Vinicius Junior para tentar levar algum perigo ao gol de Prass. Nos minutos finais, o Fla apostou na correria para pelo menos conseguir descontar o resultado, sem sucesso. Nos minutos finais, deu até para os torcedores gritaram "olé" durante a troca de passes dos palmeirenses. Vitória bem tranquila, após iniciar o dia de forma bem conturbada. E após muita pressão, o Palmeiras conseguiu uma boa vitória e talvez, um pouco de paz, pelo menos até a próxima rodada, na qual terá pela frente o Sport, quinta-feira, às 20 horas, novamente jogando no Allianz Parque.

 

No mesmo dia, o Flamengo buscará reabilitação contra o Coritiba, às 21 horas, no estádio Couto Pereira, na capital paranaense.

 

FICHA TÉCNICA

PALMEIRAS 2 X 0 FLAMENGO

 

Local: Allianz Parque, São Paulo (SP)

Árbitro: Braulio da Silva Machado (SC)

Auxiliares: Kleber Lucio Gil (Fifa-SC) e Neuza Ines Back (Fifa-SC)

Público/renda: 27.831 pagantes/R$ 1.830.938,52

Cartões amarelos: Renê (FLA)

Cartões vermelhos: -

Gols: Deyverson (13'/1ºT) (1-0), Deyverson (35'/1ºT) (2-0)

 

PALMEIRAS: Fernando Prass; Mayke (Jean, aos 26'/2ºT), Edu Dracena, Luan e Michel Bastos; Felipe Melo (Thiago Santos, aos 12'/2ºT), Tchê Tchê (Zé Roberto, aos 38'/2ºT) e Moisés; Keno, Dudu e Deyverson. Técnico: Alberto Valentim.

 

FLAMENGO: Diego Alves; Pará, Rafael Vaz, Rhodolfo e Renê (Rodinei, aos 23'/2ºT); Willian Arão (Márcio Araújo, aos 23'/2ºT), Cuellar (Vinicius Júnior, no intervalo) e Everton Ribeiro; Lucas Paquetá, Éverton e Felipe Vizeu. Técnico: Reinaldo Rueda.


Fonte: Página Única
Visite o website: http://www.paginaunica.com.br