Sexta, 20 de julho de 1-13, 00h56
MINEIRÃO
Fluminense sai na frente, mas fica com um a menos e leva virada do Cruzeiro


Redação

 

 O Fluminense tinha uma missão bem complicada no Mineirão. Desfalcado, o Tricolor enfrentou o Cruzeiro, uma das melhores equipes do Brasileiro. O clube carioca até saiu na frente, mas teve Marlon expulso no segundo tempo e levou a virada perdendo por 3 a 1.

 

Sem Dourado e Sornoza, o Flu saiu na frente logo no começo. Pedro abriu o placar. Ainda no primeiro tempo, Romero deixou tudo igual. Na etapa final, Marlon foi expulso. Logo depois, Diego Barbosa virou para o Cruzeiro. Ainda houve tempo para Thiago Neves marcar e fechar a partida.

 

O Fluminense volta aos gramados na quarta-feira contra o Corinthians, no jogo que pode marcar o título do Timão, em São Paulo. O Cruzeiro recebe o Avaí no mesmo dia.

 

O JOGO

 

Campeão da Copa do Brasil e garantido na Libertadores, o Cruzeiro entrou em campo neste domingo buscando se recuperar da derrota para o Flamengo, na última rodada. E, se não tinha o volante Henrique, suspenso e substituído por Lucas Silva, o técnico Mano Menezes contava com o retorno de Rafinha.

 

Já os problemas de Abel Braga eram maiores. O meia equatoriano Sornoza e o atacante Henrique Dourado estavam suspensos pelo terceiro cartão amarelo, enquanto os volantes Richard e Mateus Norton foram vetados por contusão. Era uma chance para Marlon Freitas, Wendel e Pedro mostrarem serviço.

 

E a sorte sorriu logo no início para o Fluminense. As duas equipes ainda se estudavam quando Gustavo Scarpa arriscou despretensiosamente de fora da área. O chute saiu fraco e sem perigo, mas Pedro dominou antes que a bola chegasse até Fábio, girou e bateu no canto para abrir o placar. Em apenas sete minutos, o atacante aproveitava a sua oportunidade como titular

 

A vantagem, contudo, durou pouco. O time carioca até segurava bem o Cruzeiro quando, aos 16, o volante argentino Lucas Romero recebeu na intermediária, tabelou e bateu da entrada da área. A princípio o chute sairia sem muito perigo, mas a bola desviou no zagueiro Henrique e entrou no ângulo.

 

Com a igualdade no placar, o duelo ganhou um contorno claro: o Cruzeiro controlava a posse e o Fluminense apostava nos contra-ataques. Foi assim que, aos 21, Scarpa recebeu de Pedro, avançou e chutou com perigo para fora. E também foi assim que, apenas dois minutos depois, Wendel dominou sozinho e bateu nas mãos de Fábio.

 

De fora da área, já aos 45, Thiago Neves também assustou Diego Cavalieri. Mas foi no início do segundo tempo, após cruzamento rasteiro e rebatida do goleiro, que o meia teve sua grande oportunidade. A bola sobrou dentro da área, mas ele chutou para fora.

 

O lance logo no primeiro minuto serviu para demonstrar que as duas equipes acelerariam o ritmo na etapa final. Se o Cruzeiro trocava passes com mais agilidade, o Fluminense assustou após outra boa jogada entre Scarpa e Pedro. Sozinho, porém, o meia errou a finalização.

 

Um lance aos dez minutos, então, mudou totalmente a dinâmica do jogo: Marlon tocou a bola com o braço, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. E, na mesma jogada, após cobrança de falta de Thiago Neves, Diogo Barbosa apareceu nas costas da defesa, deu um toque sutil e fez o gol da virada.

 

O Fluminense esmoreceu. Com um a menos, tinha dificuldades para criar - e para segurar os ataques do Cruzeiro. Thiago Neves finalizou pouco depois com perigo. E Rafael Sóbis desperdiçou chance inacreditável: após erro da defesa, ele avançou sem marcação no campo de ataque e saiu livre, na cara do gol, mas chutou em cima de Cavalieri.

 

Estava fácil. E, enfim, após boa troca de passes dentro da área, Thiago Neves finalizou com tranquilidade e definiu o duelo. Ex-jogador do Fluminense, ele não comemorou. Mas a torcida cruzeirense, com o jogo liquidado, festejou o triunfo antes mesmo do apito final.

 

FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 3X1 FLUMINENSE

 

Estádio: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)

Assistentes: Bruno Raphael Pires (Fifa/GO) e Leone Carvalho Rocha (GO)

Renda/Público: R$ 102.844,00 / 6.530 pagantes

Cartão amarelo: Murilo, Lucas Romero e Robinho (CRU); Marlon e Renato Chaves (FLU)

Cartão vermelho: Marlon (FLU)

 

Gols: Pedro (0-1, 6'/1ºT), Lucas Romero (1-1, 16'/1ºT), Diogo Barbosa (2-1, 12'/2ºT) e Thiago Neves (3-1, 27'/2ºT)

 

CRUZEIRO: Fábio; Ezequiel, Digão, Murilo e Diogo Barbosa; Lucas Silva e Lucas Romero; Robinho (Alisson, 38'/2ºT), Rafinha (Messidoro, 44'/2ºT) e Thiago Neves; Rafael Sóbis (Jonata, 20'/2ºT) - T: Mano Menezes

 

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Lucas, Henrique, Renato Chaves e Marlon; Marlon Freitas, Douglas, Wendel e Gustavo Scarpa (Léo, 29'/2ºT); Marcos Junior (Wellington Silva, 33'/2ºT) e Pedro - T: Abel Braga


Fonte: Página Única
Visite o website: http://www.paginaunica.com.br