Segunda, 20 de agosto de 1-12, 18h05
NESTA SEXTA-FEIRA
Após rebaixamento de nota de crédito do Brasil, Bovespa opera em baixa


Redação


O principal índice da bolsa de valores de São Paulo opera em baixa nesta sexta-feira (12), repercutindo o rebaixamento da nota de crédito do Brasil pela agência de classificação de risco Standard & Poor’s (S&P). A nota de crédito soberano do Brasil passou de “BB” para “BB-”.

O rating do país segue sem o selo de bom pagador, mas agora está três degraus abaixo do grau de investimento. Já a perspectiva para a nota mudou de negativa para estável. Parte do mercado já esperava o rebaixamento em razão das dificuldades do governo para conseguir a aprovação da reforma da Previdência.

“O principal motivo de acordo com a agência, é o atraso na aprovação das reformas e a incerteza política. O mercado, naturalmente, abriu em campo negativo, e embora a reação tenha sido pessimista, espera-se que as perdas sejam limitadas” comenta Pedro Paulo Silveira, economista-chefe da Nova Futura Investimentos.

Às 12h44, o índice recuava 0,24%, a 79.176 pontos. As ações da Petrobras, Itaú Unibanco e Bradesco puxavam o índice ainda mais para baixo. Na véspera, antes do anúncio da decisão da S&P, o Ibovespa subiu 1,49%, a 79.365 pontos.

Já o dólar opera instável, com ligeiro recuo após altas durante a manhã, também repercutindo o rebaixamento da nota de crédito.

Às 12h56, a moeda recuava 0,03%, a R$ 3,2143.


Fonte: Página Única
Visite o website: http://www.paginaunica.com.br