Segunda, 20 de agosto de 1-12, 19h10
MPE abre procedimento para averiguar se é mesmo de Jajah Neves áudio onde diz que repassa verba indenizatória para Wilson Santos


Redação

Um vídeo com áudio supostamente atribuido ao suplente de deputado Jajah Neves,  onde este diz que repassa mensalmente ao titular do mandato, o deputado licenciado Wilson Santos, cerca de R$ 65 mil da VI (Verba Indenizatória) que seria para atender despesas de seu gabinete na Assembleia Legislativa, vai ser investigado preliminarmente pelo Ministério Público Estadual (MPE).

O órgão deve abrir  procedimento nesse sentido, que pode culminar em inquérito ou ser arquivado. A informação foi confirmada pela Assessoria do MPE.
 
O referido áudio começou a circular nas redes sociais na quinta-feira (11), sem que Jajah tenha, até o momento,  se reportado ao assunto.

No entanto, segundo fontes, o parlamentar deverá fazer uma coletiva de imprensa na próxima semana para explicar o caso.


De acordo com o MPE, na próxima semana, deve ser publicada a abertura de um procedimento preparatório sob a responsabilidade do Núcleo de Defesa do Patrimônio Público, coordenado pelo promotor de Justiça André Luiz de Almeida. No entanto, o procedimento ainda será distribuído a um promotor componente do núcleo.

O procedimento preparatório constitui uma apuração preliminar, uma averiguação, com busca de informações junto aos suspeitos e aos órgãos aos quais pertencem para depois definir se um inquérito civil público, com investigação mais aprofundada será necessário. 


Fonte: Página Única
Visite o website: http://www.paginaunica.com.br